Google Earth cria mapa mundial de espelhos do WikiLeaks

Uma das chaves para a sobrevivência do WikiLeaks tem sido a grande quantidade de mirrors (ou sites espelhos) - que replicam exatamente o conteúdo original, mas em outra localidade física, de modo que a informação esteja sempre disponível - ao redor do mundo. E o Gogle Earth agora exibe um mapa mundial mostrando esta localização.

Assim, é possível dimensionar o alcance mundial do site dirigido por Julian Assange. Com base em algoritmo desenvolvido por Laurence Muller, desenvolvedor de Harvard, o Google Earth publicou nesta segunda-feira um mapa completo em 3D com a localização dos mirrors do WikiLeaks.

É possível observar que muitos destes espelhos estão localizados ao longo da Europa, embora haja alguns em países da América Latina (Brasil inclusive), América do Norte, Ásia e África.

Os dados estão disponíveis para qualquer usuário do Google Earth.