Obama conversa com líderes mundiais sobre WikiLeaks

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou neste sábado ao primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e ao presidente do México, Felipe Calderón, para discutir a "ação deplorável" do site WikiLeaks, que vazou informações confidenciais da diplomacia americana, informou a Casa Branca.

"O presidente manifestou seu pesar pela ação deplorável do WikiLeaks e os dois líderes concordaram que ela não terá influência ou modificará a estreita cooperação entre Estados Unidos e Turquia", destaca a Casa Branca sobre a conversa de Obama com Erdogan.

Obama também se comunicou com Felipe Calderón e ambos concordaram que "os atos irresponsáveis (do WikiLeaks) não devem afastar os dois países da importante cooperação".