Moradores colocam a mão na massa pela reconstrução da Serra. Veja vídeo

Não é possível precisar a forma como cada ser humano reage diante de uma tragédia. Na Região Serrana, por exemplo, enquanto algumas pessoas, apesar de cobertas de razão, reclamam da demora do poder público na recuperação do que foi destruído pelas chuvas e escorregamentos de encosta, crescem os mutirões e ações para melhorar o que a natureza afetou. 

As iniciativas são muitas em Nova Friburgo, a cidade mais afetada e onde foram contabilizados 418 mortos até ontem. Vão desde a construção de uma ponte, passando pela coleta e incineração de lixo, a abertura de caminhos alternativos, até a reconstrução de redes de abastecimento de água para comunidades inteiras  a partir de uma nascente.

>> Leia a reportagem completa no JB Premium

Veja vídeo produzido pela reportagem do JB: