Minoria na Cidade do Rock, fãs do Nx Zero reclamam de preconceito: "Não somos emo"

O pequeno grupo de fãs da banda brasileira Nx Zero presente na Cidade do Rock na noite deste sábado não aguenta mais as provocações. Eles se dizem cansados do preconceito que, segundo eles, tomou conta do lugar. A maior parte do público aguarda ansiosamente a chegada do Red Hot Chilli Peppers ao Palco MUndo, o que só vai acontecer na madrugada de domingo.

"Não somos emos e temos o direito de gostar de Nx Zero. Assim como outros colegas adoram o REd Hot Chilli Peppers e o Capital Inicial", desabafou o estudante de 16 anos Felipe de Oliveira, referindo-se às atrações deste sábado. "Estamos sendo constantemente sacaneados pelos outros. É muita intolerância", queixou-se.

Vindos de Brasília especialmente para o Rock in Rio, os amigos Marcelo e Adriano aguardavam, no início da tarde, a divulgação da setlist do Nx Zero. "Se eles tocarem 'Cedo ou tarde' ou 'Zerar e recomeçar' estará ótimo. Não ligo para as brincadeiras preconceituosas. Sou fã e pronto", finalizou Marcelo Rosa, 19 anos.

JUnto com a dupla, o também brasiliense Mateus Rocha torcia o nariz: "Vou ter que me sacrificar e ouvir Nx Zero para depois poder curtir Snow Patrol, Capital e Red Hot. Espero aguentar firme", brincou.