Pelo menos dez voos são cancelados no Santos Dumont devido a mau tempo

O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, registrou hoje (17) o maior número de cancelamentos de voos até as 10h, no país, segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). 

Dos 48 voos programados, dez foram cancelados; nove registraram atrasados e quatro atrasos de mais de meia hora. A Infraero informou ainda que, desde as 6h30, o aeroporto está fechado para pousos, por causa das más condições climáticas.

No total, dos 926 voos programados até as 10h, foram cancelados 50 (5,4%); 185 (20%) registravam atrasos até as 10h e 57 (6.2%) registavam atrasos de mais de meia hora às 10h.

A empresa informou ainda que os aeroportos de Aracaju (SE), da Pampulha (MG) e de Goiânia (GO) estavam fechados para pousos e os aeroportos de Porto Alegre (RS) e de Navegantes (SC) fechados para pousos e decolagens por causa das condições climáticas.

Parte dos voos foi cancelada por causa das cinzas do vulcão chileno puyehue, localizado na Cordilheira dos Andes. As cinzas atingem aeroportos do Chile, da Argentina e do Uruguai – destino de brasileiros durante as férias de inverno.

As companhias aéreas TAM e Gol, que administram voos para esses locais, orientam os passageiros a procurarem as companhias. As empresas também pedem aos passageiros que procurem verificar a situação dos voos antes de ir ao aeroporto e que, caso seja necessário, elas providenciarão acomodações aos clientes.