Afastados PMs que abordaram atriz global e a levaram para a delegacia

Os dois policiais militares que abordaram a atriz e cantora Thalma de Freitas na noite de sexta-feira foram afastados temporariamente de suas funções. 

Após ser revistada pelos agentes próximo à comunidade da Chácara do Céu no morro do Vidigal, zona sul do Rio de Janeiro, Thalma foi levada ao 14º DP (Leblon), onde passou por uma revista íntima por policiais femininas. Logo em seguida, a atriz registrou queixa contra abuso de autoridade.

Segundo os policiais militares que efetuaram a abordagem, Thalma descia a escadaria de acesso à comunidade da Chácara do Céu, no Morro do Vidigal. A atriz estaria visitando o namorado, morador de um condomínio próximo à região. Nada foi constatado em nenhuma das revistas policiais.

O comandante do 23º BPM (Leblon), coronel Álvaro Sérgio Alves de Moura, determinou a abertura de procedimento apuratório para investigar as circunstâncias da abordagem. Segundo ele, os PMs ficarão afastados das atividades operacionais até o fim da apuração.