Veja como funciona o 'Tufão', brinquedo que matou jovem em parque do Rio

Uma adolescente de 17 anos morreu ao ser atingida por uma carrinho que se soltou do brinquedo 'Tufão', no parque de diversões Glória Center, na madrugade deste domingo, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio.

Segundo testemunhas, o carrinho foi arremessado de uma altura de 10 metros, indo parar na bilheteria do parque, onde a jovem morta, Alessandra Aguiar, comprava ingressos.

A dona do parque, Maria Glória Pinto, será indiciada por homicídio culposo, segundo a delegada da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), Adriana Belém. 

Veja como funciona o brinquedo Tufão:

Em depoimento prestado à polícia no início da manhã, a empresária mostrou um documento, que, segundo ela, seria de um engenheiro responsável pela vistoria dos brinquedos, alegando não haver riscos.

"Ela disse que foi uma fatalidade, que nunca houve um acidente no parque antes", disse a delegada. "Vamos investigar essas informações e aguardar o resultado da perícia para saber se bate com o depoimento.

Responsáveis pelo Glória Center negaram que o carrinho estivesse superlotado. Segundo relatos, haveria seis pessoas no carrinho que despencou, quando o número máximo de ocupantes é de quatro usuários.