Acordo vai levar saneamento básico para favelas da cidade

Até o fim do mês, o Governo do Estado e a Prefeitura do Rio formalizarão acordo para levar saneamento básico para as favelas da cidade. Inicialmente, o programa será implantado nas comunidades onde as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) atuam.

Depois, vai se estender por 133 favelas, beneficiando cerca de 400 mil pessoas. O programa tem como objetivo tornar o Rio de Janeiro mais sustentável até a realização das Olimpíadas de 2016.

"Isto é fundamental para a viabilização do Pacto pelo Saneamento, que tem a meta de dobrar o tratamento de esgoto até 2014", disse o secretário do Ambiente, Carlos Minc.

A Secretaria do Ambiente será responsável por financiar a instalação dos troncos coletores e a Cedae fará a operação e a manutenção das redes de esgotos. com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam), no valor de aproximadamente R$ 100 milhões anuais, tem como objetivo tornar o Rio de Janeiro mais sustentável até a realização das Olimpíadas de 2016.