PM e amigos foram alvejados com mais de 20 tiros, diz polícia

Agentes da Divisão de Homicídio da Capital (DH) informaram na manhã desta quinta-feira (26), que o PM, o ex-PM e o empresário baleados em Del Castilho nesta manhã foram alvo de mais de 20 disparos. Os armamentos usados, segundo a polícia, foram uma pistola e um fuzil.

Peritos da Polícia Civil ainda não chegaram ao local do crime, e o veículo alvo dos disparos foi isolado pela PM.

O primeiro sargento da Polícia Militar Jonas Neves de Abreu, de 50 anos, o ex-PM Cláudio Alves da Silva, de 37, o empresário Cláudio Pereira da Costa, de 44, estavam num Gol preto, quando um grupo de criminosos se aproximou, num outro veículo e desferiu disparos contra o trio.

Depois de atirar, o grupo de criminosos fugiu sem deixar pistas. As vítimas levadas para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier e seguem internados em estado grave. 

O ex-PM Cláudio Alves da Silva teria sido expulso da corporação no início do ano passado, por envolvimento com atividades ilícitas.