Homem morre, e mãe do jogador Roger é baleada em tentativa de assalto no Rio

Geuse Flores foi levada para o hospital. Seu companheiro, que pilotava uma moto, não resistiu

O piloto da Gol Linhas Aéreas Luiz Paulo Viola morreu nesta quarta-feira em Ipanema, Zona Sul do Rio, depois que bandidos tentaram levar a moto que ele pilotava, levando na garupa sua namorada, Geuse Galera Flores, mãe do jorgador de futebol Roger, do Cruzeiro.

Geuse foi baleada no braço e levada para o hospital Miguel Couto. Luiz Paulo, de 52 anos, morreu no local. O crime ocorreu por volta das 20h30.

A tentativa de assalto ocorreu na esquina das ruas Alberto de Campos e Sadock de Sá, por volta de 20h30. Segundo testemunhas, os bandidos atiraram oito vezes, depois que Paulo tentou se livrar dos assaltantes fazendo um zique zague com a motocicleta.

A dupla de bandidos fugiu sem levar a moto, uma Yamaha XT 660 cilindradas.

Durante a tentativa de assalto, Roger estava em campo, em Tolima, no Peru, disputando uma partida pela Copa Libertadores da América. Ao saber da notícia, o jogador ligou para o médico Michael Simoni, que trabalhou no Fluminense, e pediu para que ele fosse ao hospital acompanhar o estado de seúde de Geise. Roger já defendeu o tricolor carioca.

O jogador tentaria, ainda na noite de terça-feira, viajar para o Rio. Segundo ele, sua mãe, que não corre risco de vida, deve ter o braço operado nesta-quarta-feira.