Rio Bonito ganha UPA 24h e destacamento do Corpo de Bombeiros

 A Secretaria de Saúde e Defesa Civil inaugurou, na manhã desta sexta-feira (24/9), uma Unidade de Pronto-Atendimento 24 Horas (UPA) e um destacamento do Corpo de Bombeiros em Rio Bonito, na Região das Baixadas Litorâneas. Assim como as demais unidades da rede, a UPA está equipada para atender casos de urgência e emergência de baixa e média complexidade. A guarnição militar 2/20, subordinada ao Corpo de Bombeiros de São Gonçalo, por sua vez, vai levar atendimento rápido e de emergência à região.

A nova unidade de saúde, com capacidade para receber até 400 pacientes por dia, está instalada em local de fácil acesso, no km 266 da Rodovia BR-101, no Bairro Praça Cruzeiro, para atender, também, pacientes moradores de cidades pertencentes à área de influência de Rio Bonito, como Silva Jardim e Tanguá.

A UPA funcionará dia e noite, inclusive nos fins de semana. A partir de segunda-feira, os pacientes poderão fazer consultas e exames de laboratório, além de receberem, gratuitamente, os medicamentos indicados para o tratamento completo prescrito pela equipe médica.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, os números mostram que as UPAs não só ajudam a reduzir o fluxo nas grandes emergências como são altamente resolutivas. Dos mais de cinco milhões de atendimentos realizados nas 40 unidades em funcionamento no estado, menos de 1% dos pacientes - pouco mais de 35 mil pessoas -precisou de remoção para hospitais. Todos os outros casos foram resolvidos nas próprias unidades primárias de saúde

- O foco principal das UPAs é o atendimento de pequenas e médias urgências perto de onde as pessoas moram e de maneira rápida - assinalou Côrtes.

Assim como todas as unidades da rede, a UPA de Rio Bonito tem consultórios de pediatria, clínica médica e odontologia, além de laboratório para a realização de exames e salas de raios-X, sutura, medicação e nebulização. Na sala de observação de adultos, há dez leitos onde os pacientes podem ficar em observação até 48 horas. A de crianças conta com três leitos. A sala “vermelha” tem capacidade maior que a maioria das demais UPAs, com quatro leitos, todos com equipamentos disponíveis para receber e estabilizar pacientes em estado grave até serem removidos para um hospital por ambulância do município.

O prefeito de Rio Bonito, José Luiz Antunes, o Mandiocão, lembrou do dia em que foi convidado para a inauguração da primeira UPA, no Complexo da Maré, em 2007. Ele admitiu que na época sentiu “inveja” do novo serviço de saúde que estava sendo implantado pelo Governo do Estado e, assim que retornou ao seu gabinete, em Rio Bonito, redigiu um Ofício endereçado ao governador solicitando uma unidade para a cidade.

- Hoje, estou aqui, junto com o secretário Côrtes, concretizando aquele sonho de três anos. Certamente, tanto a nossa população como os moradores de Silva Jardim e Tanguá, a partir de agora, passam a contar com um serviço de saúde de excelência – disse Mandiocão.

O secretário Sérgio Côrtes adiantou à população de Rio Bonito que, nos próximos 40 dias, no máximo, o Hospital Darci Vargas, referência da região, vai passar a contar com uma UTI. Também está nos planos da Secretaria de Estado de Saúde inaugurar uma unidade de oncologia no hospital.

A primeira UPA foi inaugurada em maio de 2007, no Complexo da Maré. Depois vieram as de Bangu, Botafogo, Cabuçú, Campo Grande, Complexo do Alemão, Engenho Novo, Ilha do Governador, Irajá, Jacarepaguá, Manguinhos, Marechal Hermes, Penha, Realengo, Ricardo de Albuquerque, Rocinha, Santa Cruz e Tijuca, todas no município do Rio. Além das unidades de Itaguaí, Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana; Belford Roxo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Queimados e São João de Meriti, na Baixada Fluminense; e Angra dos Reis, Araruama, Barra Mansa, Cabo Frio, Campos, Macaé, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Três Rios e Volta Redonda, no interior fluminense.

O Destacamento 2/20 do Corpo de Bombeiros, situado no km 267 da Rodovia BR-101 Norte, conta com 53 praças e dois veículos de combate a incêndio e de salvamento e atendimentos pré-hospitalares. A unidade é fruto de uma parceria com a Prefeitura de Rio Bonito, que entrou com a construção do prédio e instalações.