Incêndio em fábrica de ônibus mata seis em Xerém

Seis pessoas morreram e duas ficaram feridas em um incêndio que atingiu a Ciferal Indústria de Ônibus, na Rua Pastor Avelino de Souza, em Xerém, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na manhã desta quarta-feira. Marcelo Borba da Silva, Edmundo Santos, Edson da Silva Werneck, Sérgio Correia, Sérgio Teixeira e Carlos Henrique Vieira estavam no subsolo e morreram intoxicados com a fumaça. Os mortos seriam funcionários da empresa que tentavam combater o incêndio.

 

Os feridos foram levados para o Hospital de Clínicas Mario Lioni, em Duque de Caxias. Alexandre Noronha de Moura está em estado grave. Já o estado de Rodrigo Viana é estável.

 

A causa do incêndio ainda é desconhecida, mas, segundo o coronel dos Bombeiros Valdinei Dias da Silva, do quartel de Caxias, o fogo começou na garagem da empresa:

 

- Foi no subsolo, onde funciona uma garagem. Teria começado numa salinha, uma espécie de almoxarifado.

 

O fogo começou por volta das 8h15m. Bombeiros do Grupamento de Operações com Produtos Perigosos chegaram em 20 minutos, mas já havia mortos. Participaram da operação ainda homens dos quartéis de Caxias, Paradas de Lucas e São João de Meriti. Ao todo, 38 homens, sete ambulâncias e uma aeronave foram uitlizados para controlar as chamas. Um posto de atendimento da Defesa Civil foi montado no local.