Delegacia Fazendária busca indícios de superfaturamento na Faetec

JB Online

RIO - Policiais da Delegacia Fazendária (Delfaz) realizam, na manhã desta quinta-feira, uma operação de busca e apreensão na Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (Faetec), na Rua Clarimundo de Melo, 847, Quintino, e na empresa Sílvia & Marques Cia Ltda., na Rua Nerval Gouveia, 363, em Cascadura, amobs na Zona norte do Rio.

O objetivo da ação é buscar indícios que comprovem a prática de superfaturamento em notas fiscais. Uma investigação feita pela especializada descobriu irregularidades nas compras efetuadas pela Faetec na empresa Silva & Marques Cia, que vende materiais diversos. Os agentes apuraram que um alargador de tubo de aço, por exemplo, constava como tendo custado R$1.700 na nota fiscal, mas pode ser encontrado no mercado por apenas R$8,60. Uma chapa pré-sensibilizada, que pode ser comprada no comércio por R$500 foi adquirida por R$ 64 mil.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais