Hospitais privados dobraram o atendimentos de casos de dengue

JB Online

RIO - A Federação de Hospitais do Estado declara que aumentou em 50% o volume de atendimentos de pacientes com suspeita de dengue, nas emergências particulares do município. O número foi apurado em uma pesquisa feita, esta semana, junto a estabelecimentos particulares filiados.

O presidente da deferação e também da Confederação Nacional de Saúde (CNS), José Carlos de Souza Abrahão, revela que o cenário é de epidemia. José Carlos disse ainda que notificação à Secretaria Municipal de Saúde é compulsória em casos confirmados de dengue. Por isso, só a secretaria pode dar um levantamento preciso do número de casos efetivos da doença, provenientes tanto da rede pública, quanto privada. Porém, segundo José Carlos, é fato que a corrida às emergências devido às suspeitas de dengue tem aumentado progressivamente a cada mês, sobrecarregando a rede e forçando os estabelecimentos a adotarem medidas para atender a esta demanda repentina.

Segundo o dirigente, muitos hospitais fazem cursos e palestras voltados aos médicos, enfermeiros, profissionais de laboratórios e colaboradores no sentido de acelerar o atendimento em suas unidades. Ele explica que várias unidades vêm, inclusive, realizando contratações e efetuando mudanças em suas instalações a fim de atender com mais conforto os pacientes ambulatoriais. Todas estas ações seguem recomendação do próprio Ministério da Saúde, que distribuiu a médicos e estabelecimentos de saúde manuais com orientações sobre como lidar com o avanço da dengue.