Em 2007, número de roubos a pedestres subiu 28,4% no Rio

Agência Brasil

BRASÍLIA - O roubo a pedestres no estado do Rio de Janeiro subiu 28,4% em 2007. No ano passado, o número de casos registrados foi de 59.494, representando 13.154 ocorrências a mais do que as registradas em 2006. Esse é um dos dados apontados por um levantamento divulgado hoje (19) pelo Instituto de Segurança Pública, mostrando que 14 dos 33 delitos analisados registraram aumento em 2007, na comparação com o ano anterior.

Os autos de resistência, em que pessoas são mortas supostamente em confrontos com a polícia, também aumentaram, em 25,1%, representando um acréscimo de 267 mortes.

O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, disse, no entanto, que "é preciso levar em consideração os números positivos", como a redução dos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar), que sofreu uma queda de 3%.

- Isso significa que menos 190 pessoas morreram no ano passado, 190 vidas que não foram perdidas.

Beltrame destacou ainda que a quantidade de roubos a banco caiu quase pela metade no ano passado (47,8%), uma redução de 22 casos.

- Os crimes que subiram foram aqueles que exigem menor preparo dos criminosos. A questão, agora, é colocar mais efetivo nas ruas - disse.

O secretário anunciou também a abertura de concurso para 3,1 mil novas vagas na Polícia Militar, que devem ser preenchidas em um ano.

Os números divulgados nesta quarta-feira representam o resultado da apuração do total de delegacias do estado. Os valores preliminares já tinham sido divulgados pela Secretaria de Segurança no mês de janeiro.