Médicos fazem protesto contra baixos salarios, em Copacabana

JB Online

RIO - O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj)promoveu uma caminhada na orla de Copacabana, na manhã deste domingo. O objetivo é chamar a atenção para os problemas que os médicos enfrentam no exercício da profissão. A campanha Quanto Vale o Médico? foi lançada em 2007, para estimular discussões sobre os baixos salários e as péssimas condições de trabalho da categoria.

A presidente do Cremerj, Márcia Rosa de Araújo, quer mostrar que os profissionais da saúde são solidários com os pacientes da rede pública.

- Queremos deixar claro que os médicos não estão contra a população - enfatiza.

Márcia critica também a baixa remuneração da categoria e incentiva os médicos a não prestarem concurso para o município. O salário inicial oferecido pela prefeitura é de R$ 600, com benefícios pode chegar a R$ 1,3 mil.