Turista alemão é preso acusado de agressão a prostituta em Copacabana

JB Online

RIO - Policiais da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat) prenderam em flagrante, na tarde desta quarta-feira, o turista alemão Klaus Zungles, 54 anos, produtor de teatro e roteirista de seriados, por ter agredido, nesta madrugada, em Copacabana, na Zona Sul, a garota de programa Joilma Cardoso Silva, de 25 anos. De acordo com os agentes, os dois se relacionavam há mais de um ano.

Na noite desta terça-feira, o casal estava num bar, em Copacabana, quando Joilma recebeu uma ligação de uma amiga, provocando ciúmes em Klaus. Após discutirem, o alemão deixou a garota de programa sozinha e foi para uma boate, no mesmo bairro. Depois de esperar por um longo tempo, Joilma foi até a casa noturna e encontrou o turista acompanhado de outra mulher. No local, a vítima foi agredida a tapas por Klaus na presença dos que estavam no estabelecimento.

Joilma deixou a boate e se dirigiu até o apartamento do agressor, onde se encontravam alguns de seus pertences. Por volta das 6h da manhã de hoje, Klaus chegou ao prédio acompanhado de outra mulher e, além de não permitir que a vítima pegasse seus pertences, voltou a agredi-la.

Policiais do 19º BPM (Copacabana) foram acionados por Joilma. Todos foram encaminhados para Deat, no Leblon, onde o agressor foi autuado em flagrante, com base na lei Maria da Pena, com fiança arbitrada no valor de R$ 7 mil. Como não tinha dinheiro para efetuar o pagamento, Klaus ficou preso à disposição da Justiça. A prisão dele foi comunicada ao consulado da Alemanha.