Rio

Rio arrecada 4,7% a mais com cota única e primeira parcela do IPTU

.

A cidade do Rio de Janeiro arrecadou 4,7% a mais com o IPTU este ano — valor 2% acima da expectativa orçamentária para 2021. Os dados comparam os pagamentos até o vencimento da cota única e da primeira parcela de 2020 e 2021.

“Foram arrecadados R$1,9 bilhão de reais de IPTU este ano. São R$87 milhões a mais em relação ao ano anterior, com valores ajustados à inflação”, informa o Secretário Municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo.

Segundo a análise técnica da secretaria, o desconto de 7% para pagamento do imposto em cota única influenciou os resultados. O percentual é maior do que a inflação e os juros praticados pelo mercado financeiro, como os da poupança, inferiores a 2% ao ano.

Este ano, o antigo carnê do imposto deu lugar a uma guia única, também enviada pelos Correios. A novidade gerou dúvidas e a comunicação foi intensificada para sanar as incertezas dos contribuintes.

Este ano o IPTU também ficou mais digital e os contribuintes puderam gerar a guia pelo portal Carioca Digital (carioca.rio) antes mesmo da notificação enviada pelos Correios. Processo de digitalização que continuará. “O objetivo é tornar o pagamento do imposto mais barato operacionalmente, mais eficiente e menos burocrático”, completa Pedro Paulo. O sistema de pagamentos, por exemplo, deve se modernizar e incluir ferramentas como o pix.