Yane Marques conquista 1ª medalha do Brasil em Guadalajara 

A brasileira Yane Marques conseguiu a primeira medalha do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no pentatlo moderno, disputado no Club Hipica, em Zapopan. A atleta ficou com a prata, apesar de ter iniciado o evento combinado entre tiro e corrida na primeira posição. A americana Margaux Isaksen, vencedora na esgrima, ganhou a corrida e ficou com o ouro. As duas pentatletas se classificaram para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Yane era uma das grandes esperanças de medalha do Brasil, já que chegou à competição continental como quinta colocada no ranking mundial do esporte. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, esteve no local da disputa para acompanhar a prova da atleta, que teve um excelente início de prova, não tendo ficado atrás da segunda colocação em nenhum momento.

A pernambucana largou para a última etapa com 20s de vantagem para a americana e se manteve na liderança até o início da metade final do evento combinado entre tiro e corrida. Sofrendo com o forte sol, Yane Marques não conseguiu implementar um ritmo forte e permitiu que Isaksen se tirasse a diferença e a ultrapassasse.

A pernambucana conquistou sua segunda medalha na história dos Jogos Pan-Americanos. Em 2007, ela foi ouro na edição do Rio de Janeiro.

Entenda o pentatlo:

As competidoras marcam pontos a cada prova. A atleta com o maior número de pontos depois das três primeiras disputas sai em primeiro lugar no evento combinado. As outras competidoras formam uma fila atrás da líder com um intervalo de 1s por cada diferença de quatro pontos. A primeira atleta a cruzar a linha de chegada ao final do evento combinado é a vencedora.