Flávio e Carlos Bolsonaro divergem sobre campanha do pai: 'dane-se papo de marketing'

Para Carlos, os vídeos de propaganda promovidos por seu irmão em parceria com presidente do PL não foram bem executados, já para Flávio, o trabalho foi 'perfeito e sem achismo'

Foto: reprodução
Credit...Foto: reprodução

A campanha presidencial para eleições deste ano já está com "seu bloco na rua" e, em relação à divulgação promovida pelo presidente, Jair Bolsonaro, parece estar acontecendo ruídos entre aqueles que o assessoram, especificamente entre seus filhos, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) e o senador Flávio Bolsonaro (PL).

Carlos controla as redes sociais pessoais do presidente, enquanto Flávio comanda a comunicação institucional, que inclui as inserções de TV e rádio, junto a Valdemar Costa Neto, presidente do Partido Liberal.

A "estranheza" entre os irmãos ficou evidenciada depois que Flávio rebateu as críticas feitas por Carlos sobre as propagandas partidárias do PL. Após as primeiras inserções serem exibidas na TV na semana passada, o vereador desdenhou da produção. A notícia saiu em "O Globo".

"Vou continuar fazendo o meu aqui e dane-se esse papo de profissionais do marketing... Meu Deus!", afirmou.

Em seguida, Flávio foi questionado sobre o comentário de Carlos e defendeu as inserções.

"Olha, para mim as inserções do partido foram perfeitas. Isso foi fruto de muito trabalho, de muito estudo. Não foi um achismo", afirmou.

A função de Carlos é a mesma desenvolvida por ele na campanha do pai em 2018, e, segundo a mídia, Bolsonaro costuma atribuir sua vitória nas eleições à atuação do filho. (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais