'Mamata card': Bolsonaro é xingado ante excesso de folgas, férias na praia e motociatas

...

Foto: Alan Santos / Palácio do Planalto
Credit...Foto: Alan Santos / Palácio do Planalto

Pablo Rodrigues - A "Folha de S. Paulo" decidiu contar quantos dias de férias e folgas Jair Bolsonaro já tirou em seus três anos e cinco meses de Presidência. A contagem de regalias está deixando muita gente revoltada. Já ouviram falar no "mamata card"?

A reportagem do jornal, publicada no dia 29 de maio, traz uma lista extensa – e precisa – de quantas vezes o presidente da República, Jair Bolsonaro, decidiu "curtir a vida adoidado" com feriadões, folgas autoconcedidas e dias de expediente normal convertidos em lazer.

Partiu feriadão?

Segundo o jornal, ao todo, Bolsonaro já pegou 15 férias e feriadões fora de Brasília. Para os amantes de futebol, a lista de vezes que o presidente viu de camarote partidas do Flamengo, Botafogo, Palmeiras e Santos, por exemplo, é de dar inveja. Sem contar em jogos de seleções! Foram 15 partidas imperdíveis.

E para felicidade de quem gosta de um passeio de moto ou a cavalo, o presidente da República já participou de 33 eventos como esses em seus três anos e cinco meses de poder.

Se compararmos as folgas do capitão reformado do Exército com as dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, então temos uma quantidade bem mais modesta dos últimos dois: Lula com três folgas e Dilma com sete.

As regalias de Bolsonaro foram contadas, e as perguntas vieram à tona de brasileiros, que passaram a chamá-lo de "vagabundo da República" e indagar a existência de um "mamata card" no Twitter. (Sputnik Brasil)




O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) foi mais longe e escreveu sobre as habilidades de Bolsonaro na hora de fazer flexão.




"Uma coisa que Bolsonaro fez mais que Lula."




Stand-up para lá de macabro.



Quem lembra?




Um bom dia a todos.




 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais