Após ataques de Bolsonaro, Lira diz que processo eleitoral brasileiro é uma referência

...

Foto: Câmara dos Deputados
Credit...Foto: Câmara dos Deputados

Izael Pereira - O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou em suas redes sociais nesta quinta-feira, 28, que o processo eleitoral brasileiro é uma referência. A fala é uma resposta aos novos ataques do presidente Jair Bolsonaro (PL) à lisura do processo. Os ataques ocorreram ontem no Planalto durante evento de apoio ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), aliado de Bolsonaro e condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ameaças à Corte.

"O processo eleitoral brasileiro é uma referência. Pensar diferente é colocar em dúvida a legitimidade de todos nós, eleitos, em todas as esferas. Vamos seguir - sem tensionamentos - para as eleições livres e transparentes", escreveu Lira no Twitter.

O presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), também havia se manifestado sobre os ataques do presidente. "A Justiça Eleitoral é eficiente e as urnas eletrônicas confiáveis. Ainda assim, o TSE está empenhado em dar toda transparência ao processo desde agora, inclusive com a participação do Senado", defendeu Pacheco, também em publicação no Twitter.

Durante o evento "Liberdade de Expressão" nesta quarta-feira, 27, o presidente sugeriu a suspeição das eleições de 2022 se tiver "algo anormal". Segundo ele, a suspeição se estenderia a todos os cargos eletivos, incluindo governos estaduais e para a Câmara, Senado e deputados estaduais. (Agência Estado)

 

LEIA MAIS

Bolsonaro ameaça eleições de 2022 caso ocorra 'algo anormal' e defende 'suspensão' de pleito

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais