Eunicio defende apoio a lula para evitar 'suicídio político' do MDB

...

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Credit...Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Daniel Weterman - O ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE) defendeu o apoio do MDB ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar o que chamou de "suicídio político" do partido.

Eunício foi anfitrião de um jantar entre Lula, senadores e ex-parlamentares em Brasília, na noite dessa segunda-feira (11). O cardápio servido,  peixe e carne de cordeiro.

"Há tendência natural de nós não irmos mais uma vez para um suicídio político", disse Eunício ao falar com a imprensa antes do jantar. Ele comentou a candidatura de Henrique Meirelles em 2018 e afirmou que partido não pode repetir a mesma atitude de lançar uma "candidatura natimorta".

No mesmo dia do jantar, a pré-candidata do MDB ao Planalto, Simone Tebet, se reuniu com o ex-presidente Michel Temer para reafirmar sua candidatura. Tebet pretende que o grupo da chamada terceira via, composto também por PSDB e União Brasil, lance um candidato único.

"Não estamos fazendo jantar para boicotar, em absoluto, a candidatura da senadora Simone. Não tem nenhuma traição", afirmou Eunicio.

Senadores do MDB, do PT e do PSD estão entre os convidados presentes no convescote. A avaliação no grupo é que não há espaço para a terceira via é que o PT precisa reforçar as candidaturas ao Congresso, principalmente à Câmara. "A terceira via já tem quatro candidatos. A rixa vai terminar entre o presidente Lula e o atual presidente", disse o ex-senador. (Agência Estado)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais