'Nunca abandonei uma missão': Mourão nega renúncia e diz que segue no governo Bolsonaro até o fim

A declaração foi feita em rede social. Na postagem, o vice-presidente afirma que vai seguir no governo e que nunca abandonou uma missão, 'não importam as intercorrências'; 'vou seguir nesse governo até o fim'

Foto: AP Photo / Eraldo Peres
Credit...Foto: AP Photo / Eraldo Peres

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PTRB), afirmou neste sábado (31) que segue no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) "até o fim", apesar das críticas do chefe do Planalto.

A declaração foi feita em publicação no Twitter. Na postagem, o vice-presidente afirma que, em respeito por quem votou na chapa Bolsonaro-Mourão, vai seguir no governo "pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências".

Na segunda-feira (26), o presidente fez críticas à atuação do vice e afirmou que "por vezes" Mourão atrapalha o governo. Em entrevista à rádio Arapuan, da Paraíba, Bolsonaro disse que a função de vice é parecida com a do cunhado: "Você casa e tem que aturar, não pode mandar embora", afirmou.

Após as declarações, segundo a emissora CNN Brasil, o vice-presidente foi aconselhado por um general da reserva muito próximo a ele a renunciar ao cargo. Mourão teria respondido que não seria ainda o momento para deixar o governo. De acordo com a mídia, a percepção de Mourão é a de que sua saída abriria espaço para o impeachment de Bolsonaro.

No Executivo, o vice-presidente ficou responsável por conduzir as ações de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia, mas viu sua função ficar esvaziada e em abril a operação Verde Brasil foi encerrada. Mourão ainda ficou de fora das reuniões ministeriais promovidas por Bolsonaro. (com agência Sputnik Brasil)