2022: Lula tem 49%, Bolsonaro, 23%; popularidade do presidente despenca

Sondagem entrevistou pessoas em 141 municípios do Brasil. Números atuais variaram bastante quando relacionados à mesma pesquisa realizada em fevereiro desse ano

Arquivo
Credit...Arquivo

Em pesquisa divulgada nesta sexta-feira (25) pelo Instituto Ipec, que ouviu 2.002 pessoas, entre os cinco principais candidatos à presidência da República, o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) obteve 49% de intenção de votos, enquanto o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), alcançou 23%.

Seguindo os outros candidatos, Ciro Gomes (PDT) obteve 7%, João Doria (PSDB) 5% e Luiz Henrique Mandetta (DEM) 3%. Eleitores que votariam nulo ou branco somaram 10% e os que não souberam responder ou não quiseram opinar 3%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 21 de junho e abrangeu 141 municípios. A margem de erro é de dois pontos para mais e para menos, segundo o instituto.

O instituto também avaliou a intepretação dos eleitores perante a gestão do atual governo, fazendo a seguinte pergunta: na sua avaliação, o governo do presidente Jair Bolsonaro está sendo "ótimo/bom", "regular" ou "ruim/péssimo"?

Os resultados foram: ótimo/bom 24%, regular 26%, ruim/péssimo 49%. Eleitores que não souberam ou não quiseram responder corresponderam a 1%.

Em fevereiro, os números referentes à mesma pergunta eram um pouco diferentes, a avaliação do governo de ótimo/bom representava 28%, regular 31% e ruim/péssimo 39%.
A confiança no presidente também mudou na concepção dos brasileiros.

Ao serem questionados se "o senhor(a) confia no presidente Jair Bolsonaro?" as respostas foram: confio: 30% (era 36% em fevereiro), não confio: 68% (era 61%) e não sabem/não responderam: 2% (era 3%).

Para contornar os novos números que não beneficiam uma reeleição, Bolsonaro estaria planejando lançar um "pacote de bondades", no qual estimularia eleitores a votar em si através de medidas estratégicas, conforme noticiado no dia 23. (com agência Sputnik Brasil)