O teste da realidade

...

Razões para ação
                      Anthony Giddens (1999)

 

Novo - produto, serviço ou tecnologia - encontra mercado ou aplicação onde não esperava seu empreendedor.

O que uma organização faça, interna ou externamente, precisa ser aperfeiçoado de forma sistemática e contínua. Qualquer estrutura construída sobre parceria em vez de controle requer troca ágil e permanente de informações.

Em organizações que já fazem isso, ponto de partida não é o desempenho, mas o registro cuidadoso de inovações. Quais delas foram bem sucedidas? Grande parte das respostas sairá de avaliações, criteriosas, e não de medições.

No longo prazo, informações sobre o exterior importam para a condução de qualquer trabalho do conhecimento. Na maior parte do trabalho do conhecimento a qualidade não é uma restrição, mas essência mesma da produção.

Explorar sistematicamente um sucesso após outro, grande ou pequeno, de fato conduz a uma inovação genuína. Uma sistemática busca de aceleração de resultados que promete um atalho pode levar à saturação de mercado.

Uma época de mudanças significativas, mas movida por crescimento não-diferenciado, no dizer de Fritjof Capra. Mediante sistema que envolve interação simultânea e mutuamente interdependente entre componentes múltiplos.

Movimento não é sinônimo de ação; a recente guerra na Ucrânia mostra que nada substitui o teste da realidade.

Engenheiro, é autor de "Por Inteiro" (Multifoco, 2019)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais