Morre cardeal Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do RJ

Religioso tinha saúde debilitada e piorou após contrair Covid-19

Foto: reprodução/Facebook
Credit...Foto: reprodução/Facebook

Morreu nessa quarta-feira (13), aos 88 anos, o cardeal Eusébio Oscar Scheid, bispo emérito do Rio de Janeiro, confirmaram a Arquidiocese da capital carioca e a Diocese de São José dos Campos. Scheid tinha a saúde bastante debilitada e teve o quadro agravado após contrair a Covid-19 há cerca de uma semana.

"O arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheid, entregou serenamente sua alma a Deus, no inicio da tarde desta quarta-feira, 13 de janeiro, após longo período de enfermidade, em São José dos Campos (SP), onde residia", publicou em nota a Arquidiocese.

Catarinense de nascimento, era natural de Luzerna, tornou-se padre em 1954. O religioso também foi bispo de São José dos Campos em 1981 até 1991, sendo o primeiro a ser nomeado para a Diocese local e, naquele ano, foi transferido para Florianópolis onde ficou até 2001. Da capital de Santa Catarina, foi para a Arquidiocese do Rio de Janeiro, onde tornou-se arcebispo emérito em 2009 e foi sucedido por Dom Orani Tempesta.

Scheid tornou-se cardeal em 2003, ainda durante o Pontificado de João Paulo II, e no Vaticano foi conselheiro da Pontifícia Comissão para a América Latina e membro do Pontifício Conselho de Comunicação Social. O catarinense ainda participou do conclave que elegeu o Papa Bento XVI.

Além da vida religiosa, o arcebispo emérito tem publicados três livros referentes à fé católica.(com agência Ansa)