São Paulo: advogado é preso acusado de molestar estudante em metrô 

Um advogado, 46 anos, foi preso nesta sexta-feira acusado de molestar uma estudante, 21 anos, dentro de um vagão da Linha 3-Vermelha, no metrô de São Paulo. Segundo a estudante, por volta das 18h40 de sexta, com o vagão lotado, entre as estações República e Belém, o homem tirou seu órgão genital para fora da calça e começou a esfregar na jovem.

Por conta do grande número pessoas, o advogado impediu a estudante de sair do vagão, situação que a fez passar mal. Os outros usuários que estavam no trem foram prestar socorro e perceberam a ação do advogado. Os funcionários da segurança do sistema de transporte foram chamados, e o advogado foi levado à Delegacia do metrô, onde foi preso em flagrante por violação sexual mediante fraude.