Policial é atingido por tiros de fuzil em São Paulo

Um policial militar foi atingido por dois tiros de fuzil na manhã desta terça-feira em São Paulo. O PM fazia uma ronda de motocicleta por volta das 7h20, na região da avenida Carlo Caldeira Filho, no bairro do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, quando suspeitou de dois indivíduos em um veículo. De acordo com a Polícia Militar, antes mesmo de ser feita a abordagem, os suspeitos efetuaram disparos, ferindo o policial.

O helicóptero Águia da Polícia Militar foi acionado e socorreu o PM, que levou um tiro no braço e outro na perna. Os criminosos pararam em frente a uma escola e trocaram de automóvel e, segundo a assessoria da Polícia Militar, minutos depois, eles ainda trocariam mais uma vez de veículo.

Por volta das 8h, policias da Guarda Civil Metropolitana (GCM), que davam apoio na ocorrência, capturaram um homem que tinha as características de um dos suspeitos. O detido estava correndo, na avenida Carlos Caldeira, portando uma pistola. Até 8h15 desta segunda-feira, o segundo suspeito ainda não havia sido capturado. A Polícia Militar fazia a perseguição, com o apoio aéreo do Águia.

Capotamento

Durante a perseguição dos suspeitos, uma viatura da polícia capotou na avenida Giovanni Gronchi, na região do Morumbi. Um dos policiais que estava no veículo foi encaminhado ao hospital Albert Einstein e o segundo ao Hospital Universitário. Os dois tiveram ferimentos leves e passam bem