Avião da FAB ajuda no combate a focos de incêndio no DF

A Força Aérea Brasileira (FAB) ajuda a combater os focos de incêndio no Distrito Federal. Com capacidade para 12 mil litros de água, o C-130 Hércules do Primeiro Grupo de Transportes de Tropa (1ºGTT), sediado na Base Aérea dos Afonsos (RJ), chegou a Brasília na noite de sexta-feira e começou a operar nas primeiras horas deste sábado.

A aeronave é equipada com um sistema modular de combate a incêndio aero-embarcado, que possui uma vazão de 9 mil litros por minuto. De acordo com a FAB, a prioridade é combater os focos ao redor da pista do aeroporto de Brasília. Outra aeronave C-130, do mesmo esquadrão, deve prestar apoio logístico na missão. O reabastecimento da água será feiro na Base Aérea de Brasília.

Esta é a terceira missão da FAB no combate a incêndios. A primeira foi realizada em janeiro de 2008 na estação ecológica do Taim, no Rio Grande do Sul. Em novembro do mesmo ano, a aeronave Hércules foi utilizada no Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia.

Tempo seco

Na sexta-feira, a fumaça dos incêndios fez o Aeroporto Internacional de Brasília acionar instrumentos para orientar pousos e decolagens. As provas do campeonato de balonismo foram canceladas e escolas suspenderam as aulas.

O clima seco desta época do ano em Brasília favorece a ocorrência de incêndios. O DF já completou três meses sem chuva e, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não há previsão de chuva até o dia 20 de setembro.