Operação Skank da PF desarticula facção de traficantes no RS

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira mandados de busca para apreender bens e documentos de suspeitos de integrar uma facção de traficantes investigada pela Operação Skank, no Rio Grande do Sul. A ação desarticula um esquema responsável pelo abastecimento de cocaína e maconha em pelo menos dez municípios da região central do Estado, entre eles Santa Maria e Candelária, onde buscas ocorreram nessa manhã.

O grupo é investigado desde abril, quando começaram a ocorrer as primeiras prisões de suspeitos. Sete já foram detidos, todos flagrados com drogas. A maior apreensão ocorreu em Bagé (RS), onde dois acusados de apoiar a facção foram presos com cerca de 2 kg de cocaína após sofrerem um acidente na entrada da cidade.

A Operação Skank também conta com investigações da Brigada Militar, e as Polícias Civil e Rodoviária Federal. As corporações acreditam que a organização era a principal responsável pelo fornecimento dos entorpecentes na região.