Corpo de Itamar Franco já deixou a Câmara de Juiz de Fora

O corpo do ex-presidente e senador Itamar Franco já deixou a Câmara de Vereadores de Juiz de Fora (MG), onde estava sendo velado. Ele será levado para Belo Horizonte, onde haverá um segundo velório no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro.

O mau tempo atrasou a saída do corpo. Um carro aberto do Corpo de Bombeiros leva o caixão da Câmara Municipal de Juiz de Fora até o aeroporto local. 

Segundo a Polícia Militar, cerca de 35 mil pessoas passaram pelo velório em Juiz de Fora até a noite deste domingo. Foram mobilizados 780 policiais militares para reforçar a segurança durante o velório. 

A presidente Dilma Rousseff embarca às 9h30 desta segunda-feira para Belo Horizonte, onde acompanhará o velório do senado, morto no sábado aos 81 anos. De acordo com o Palácio do Planalto, Dilma irá prestar as últimas homenagens a Itamar acompanhada dos ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores), Ideli Salvatti (Relações Institucionais), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Helena Chagas (Comunicação Social). Mineira, Dilma acompanhava desde o início o tratamento de uma leucemia a que o ex-presidente se submetia. 

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, havia sido designado para informar a chefe do Poder Executivo do estado de saúde do parlamentar e foi o responsável por informar a presidente do falecimento do político mineiro.

Itamar Franco, que foi presidente da República entre outubro de 1992 e janeiro de 1995, morreu aos 81 anos na manhã de sábado, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele estava internado desde o dia 21 de maio, para tratamento de leucemia. O estado de saúde de Itamar piorou na sexta-feira, quando ele passou a respirar com a ajuda de aparelhos. 


Com Portal Terra