TAP confirma que pouso de emergência foi motivado por problema na turbina

A TAP confirmou, na manhã deste sábado, que o que obrigou o pouso de emergência do voo 0186 (A 330) na madrugada deste sábado foi um problema técnico em um dos reatores (turbinas). De acordo com a companhia, o avião que decolou do Rio de Janeiro na sexta, às 23horas, fez pouso tranquilo em Salvador, e todos os 229 passageiros estão hospedados em hotéis 5 estrelas na cidade baiana.

Ainda de acordo com a TAP, um avião está sendo enviado para Salvador para dar continuidade ao voo. A previsão é de que a aeronave chegue às 19h45 deste sábado e a decolagem aconteça às 21h05, com destino à Lisboa.

O caso

Uma aeronave da empresa aérea TAP fez um pouso não programado no Aeroporto Internacional de Salvador Deputado Luís Eduardo Magalhães, à 1h03 da madrugada deste sábado.

De acordo com a assessoria de imprensa do aeroporto, a Infraero em Salvador foi avisada à 0h40 que um avião da TAP, que tinha saído do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro e ia para Lisboa, precisaria pousar na capital baiana devido a problemas na turbina da aeronave.

A equipe de segurança do aeroporto de Salvador foi acionada para aguardar o pouso da aeronave. De acordo com a assessoria, o procedimento ocorreu sem problemas e ninguém ficou ferido.

Ainda segundo a assessoria, os passageiros do voo 0186  inicialmente foram levados para uma sala do aeroporto. Segundo relatos, eles teriam passado a noite no local e, mais tarde, foram encaminhados para um hotel.

De acordo com relatos de passageiros, uma explosão teria sido ouvida, seguida de um cheiro de queimado e fumaça. Em seguida, eles foram informados que o avião pousaria para reparos em Salvador.