Ministério antecipa R$ 750 mil para 10 cidades mineiras

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) decidiu antecipar o pagamento de R$ 750 mil do programa Bolsa Família a dez cidades do sul de Minas Gerais atingidas pela chuva, segundo informações oficiais divulgadas nesta segunda-feira.

Os municípios beneficiados são Aiuruoca, Alagoa, Careaçu, Itamonte, Machado, Pouso Alegre e São Sebastião da Bela Vista, todos em situação de emergência decretada pela Defesa Civil, além de Ipuiuna, Santa Rita do Sapucaí e Seritinga.

No total, são 9,3 mil famílias atendidas que podem sacar prontamente os recursos, sem a necessidade de aguardar as datas correspondentes aos números de seus cartões. O benefício varia de R$ 22 a R$ 200, de acordo com o perfil de renda e a quantidade de filhos de até 17 anos. Quem perdeu os documentos deve retirar uma declaração de que é atendido pelo programa na prefeitura.

"A flexibilização no calendário de pagamento visa dar suporte à população de baixa renda nesse momento de calamidade", afirmou a assessoria do MDS.

O ministério antecipou anteriormente o benefício do Bolsa Família para Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Areal, Sumidouro, São José do Vale do Rio Preto e Bom Jardim, no Rio de Janeiro, e para a cidade de Cuparaque, em Minas.