Meio Ambiente foi o campeão de servidores demitidos

Levantamento da CGU mostra que, em 2010, 521 pessoas foram punidas por práticas ilícitas

Dos mais de 2.500  funcionários demitidos, destituídos de cargos em comissão ou que tiveram aposentadorias cassadas por corrupção, durante os oito anos do governo Lula, o maior contingente em percentual (1,906%) foi dos quadros do Ministério do Meio Ambiente – apesar de a pasta que cuida de licenciamento ambiental ser a nona em número absoluto de servidores estatutários. Os ministérios da Previdência Social (1,832%) e da Justiça (1,455%) vêm logo a seguir, de acordo com os dados constantes de levantamento da Controladoria-Geral da União (CGU), ontem divulgado.

>> Leia a matéria completa no JB Premium