Preso suspeito da morte de torcedor do Cruzeiro durante briga em novembro

Torcedor do Atlético-MG estava dormindo quando foi preso

BELO HORIZONTE - Preso esta madrugada, em Belo Horizonte, um integrante de uma torcida organizada do Atlético-MG suspeito de envolvimento na morte do torcedor do Cruzeiro Otávio Fernandes, de 19 anos, espancado até a morte no dia 27 de novembro, no bairro São Pedro, durante uma briga entre os grupos rivais.

O suspeito estava dormindo dentro da sede da torcida atleticana quando foi preso. Ele foi levado para o Departamento de Investigações. As buscas pelos outros dez suspeitos foram encerradas neste sábado.

Na briga, ocorrida em novembro, um homem também ficou ferido. O tumulto aconteceu na Avenida Nossa Senhora do Carmo, próximo a uma casa de shows, na região centro-sul de Belo Horizonte, onde era realizado um campeonato de luta.

Cerca de 40 torcedores do Atlético-MG saíam do local após assistir a um combate, quando se depararam com 10 torcedores do Cruzeiro, que entravam para acompanhar uma outra luta. As cenas do confronto foram registradas por câmeras de segurança.