Padilha diz que compromisso do governo é com responsabilidade fiscal

 

O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse hoje (17) que a responsabilidade fiscal do governo é uma prioridade que está acima de questões como o reajuste do salário mínimo e do piso salarial de policiais e bombeiros. Após reunião com líderes partidários, o ministro afirmou que o governo não se sente ameaçado pela possibilidade de uma greve geral da polícia no início do governo Dilma Rousseff.

“A grande preocupação que o governo tem é não gerar um impacto não previsto sem conversar antes com os governadores eleitos. Greve, mobilização, isso faz parte da negociação. Agora, o que está nos guiando neste fim de ano é a responsabilidade fiscal”.

O ministro disse ainda que as prioridades do governo no Congresso Nacional para o final do ano são a votação do Orçamento, dos projetos que instituem o marco regulatório do pré-sal, de medidas provisórias que na pauta das duas Casas (Câmara dos Deputados e Senado) e de projetos sobre os quais haja consenso com a base aliada.