GO: PM afasta instrutores que teriam agredido alunos com vara

 

Dois instrutores do curso de Formação de Soldado da Academia da Polícia Militar do Estado Goiás foram afastados após denúncia de quatro alunas acusando-os de agressão. As quatro fizeram o exame de corpo de delito e prestaram depoimento nesta quarta-feira. O major e o sargento devem ser ouvidos nesta quinta-feira.

O responsável pela disciplina de Instrução de Tiro com Estresse, major Alessandro Alves Alencar Peixoto, e o monitor da aula, o Primeiro Sargento Francisco da Silva Costa, teriam usado uma vara para agredir os alunos na aula da última segunda-feira (8).

O comando da PM abriu inquérito policial para investigar o caso, que deve ser concluído em 45 dias. Os outros 38 alunos dos dois policiais que estiveram na Instrução da última segunda passarão por uma perícia e exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML) Estácio de Lima de Goiânia para confirmar ou não as agressões.