SC: laudo confirma que bebê se engasgou com bucha de crack

FLORIANÓPOLIS - Laudo realizado pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina confirmou que um bebê de nove meses se engasgou após ingerir uma bucha de crack. A análise foi entregue à Polícia Civil nesta segunda-feira. O caso ocorreu no último dia 2, na cidade de Araquari, localizada no extremo norte do estado. As primeiras informações repassadas pela família à polícia eram de que o bebê havia se engasgado com um biscoito e apresentava um quadro de convulsão.

O bebê conseguiu ser socorrido a tempo e permaneceu seis dias na UTI do Hospital Infantil de Joinville. O quadro da criança é estável e não corre mais risco de vida, segundo a instituição.

O delegado responsável pelas investigações, Rafael de Oliveira, desconfiou da versão dos familiares e pediu um laudo sobre a substância que teria causado o sufocamento da criança. Um exame de urina constatou a presença de crack no organismo.

Os pais do bebê devem ser indiciados por lesão corporal, crime que pode ocasionar prisão de um a cinco anos. O delegado destacou que pretende finalizar o inquérito ainda nesta terça para remetê-lo à Justiça.