Estado pagará indenização por morte de juiz em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Os dois filhos do juiz corregedor de presídios, Antônio José Machado Dias - assassinado em março de 2003 pela facção criminosa Primeiro comando da Capital (PCC), serão indenizados por danos morais pelo governo de São Paulo, de acordo com decisão da Justiça.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a decisão foi sustentada no fato do Estado ter sido "inerte" e falhado no dever de proteger o juiz. Cabe recurso à sentença.

Dias atuava como corregedor de presídios na região de Presidente Prudente (SP), onde estavam confinados presos ligados ao PCC, na época do crime.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais