Parentes de vítimas do acidente da TAM promovem encontro no RS

Agência Brasil

PORTO ALEGRE - Parentes e amigos das vítimas do acidente com o Airbus da TAM, que bateu em um prédio da própria empresa ao aterrissar no Aeroporto de Congonhas, em julho do ano passado, estão reunidos em Porto Alegre, durante todo o final de semana, para o 9º Encontro das Famílias das Vítimas do Vôo TAM JJ 3054. O objetivo é manter os familiares informados sobre o andamento das investigações realizadas pelo 27º Distrito Policial de São Paulo.

É a terceira vez que a reunião é realizada em Porto Alegre. Todas as outras vezes o encontro foi em São Paulo.

Segundo a Associação das Famílias e Amigos das Vítimas do Vôo JJ 3054 (Afavitan), esta tarde será realizada a 2ª Caminhada pela Vida, Verdade e Justiça. Os parentes e amigos das vítimas se concentrarão no Parque da Redenção e caminharão até o Parcão, no bairro Moinhos de Vento, onde, às 16h30, realizam ato ecumênico em memória das vítimas.

Às 10h de amanhã, está previsto um encontro na rotatória (cruzamento circular de duas ou mais vias) próxima ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, quando serão plantadas 199 mudas de árvores, representando cada vítima do acidente, na extensão da avenida Severo Duillius, trajeto para o aeroporto.

As primeiras quatro mudas serão plantadas na rotatória e simbolizarão as quatro vítimas não identificadas. O local deve ser batizado de Rótula da Vida, segundo um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre.

Além de obterem informações sobre as investigações, os integrantes da Afavitan devem decidir como serão as reuniões e manifestações do dia 17 de julho, quando se completa um ano do acidente.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais