ONG: Deputados passam a custar R$ 1,4 milhão ao ano

Portal Terra

BRASÍLIA - Um levantamento da ONG Contas Abertas, divulgado hoje, apontou que, com o aumento da verba de gabinete dos deputados federais, aprovado na quarta-feira, cada parlamentar passa a custar R$ 114 mil por mês e R$ 1,4 milhão por ano. A Câmara elevou ontem a verba de gabinete aos parlamentares de R$ 50,8 mil para R$ 60 mil.

A verba de gabinete é utilizada para pagar os secretários parlamentares, funcionários que são contratados sem a necessidade de serem aprovados em concurso público, os chamados "cargos de confiança".

Para fazer a conta, a ONG levou em conta o salário e a estrutura direta a que o parlamentar tem direito. Os parlamentarem recebem R$ 16,5 mil por mês e, além disso, ganham uma quantia coorrespondente a um 14º e 15º salário.

A quantia gasta com os deputados aumenta com o auxílio-moradia, com despesas mensais com caixa postal e telefônica e passagens aéreas.