Anac notifica 175 aeroportos por falta de segurança

Portal Terra

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) notificou 175 aeroportos brasileiros de pequeno e médio porte por problemas de segurança. Segundo a agência, os problemas estão relacionados tanto à área de prevenção contra atos ilícitos (como vôos clandestinos) quanto à segurança operacional. A maioria dos aeroportos notificados está na região Norte (31 localidades).

No caso de problemas relacionados à segurança contra atos ilícitos, o prazo dado pela Anac para a regularização termina em 15 de junho de 2008. Após essa data, esses aeródromos estarão sujeitos à proibição de vôos regulares ou mesmo à interdição total até que as falhas sejam sanadas.

O total de 175 aeroportos inclui pistas de pouso homologadas pela Anac e aeroportos que contam com terminais de passageiros. Segundo a Anac, muitos deles têm dificuldades para fazer as correções exigidas pela legislação.

Destes, 66 recebem vôos regulares, dos quais 48 (73%) são administrados por prefeituras ou governos estaduais. Nos outros 109, há somente operações de aviação geral (aeronaves particulares, táxi-aéreo, aviação agrícola etc.) e 77% deles estão sob a responsabilidade de governos estaduais ou municipais.

A Anac informou que vai propor um grupo de trabalho com parlamentares da Câmara e do Senado Federal para estudar formas de viabilizar e agilizar o atendimento das normas de segurança nos aeródromos.

- Estamos levando esse problema ao Congresso porque acreditamos que os deputados e senadores terão mecanismos para mobilizar e auxiliar as prefeituras e governos estaduais - afirmou o diretor da Anac Alexandre Gomes.