Lula: falei demais, ficarei em silêncio no feriado

Fabrício Escandiuzzi , Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em Florianópolis, ao deixar a solenidade de assinatura de obras previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que já teria "falado demais" essa semana e que iria ficar em silêncio até a Páscoa.

Lula fez um discurso de cerca de 30 minutos durante a solenidade, que reuniu mais de 1,5 mil pessoas na capital catarinense. Ao deixar o local em direção à Base Aérea da capital, tirou fotos com algumas pessoas mas não concedeu entrevistas à imprensa.

Falei mais do que deveria no palanque -justificou. - Acho que vou ficar em silêncio durante o feriado.

O evento em Florianópolis começou com aproximadamente uma hora de atraso e reuniu também o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB). O PAC destinou R$ 47 milhões em obras de saneamento e pavimentação, para a região do Morro da Cruz, em Florianópolis, onde vivem cerca de 22 mil pessoas. O peemebista destacou que o PAC seria uma revolução para o país por tratar os Estados "sem nenhum tipo de distinção político-partidária".

O presidente deixou o local sob forte escolta e retornou para Brasília por volta das 20h.