Organizações esperam 300 mil jovens no Dia Global de Voluntariado

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Dia Global do Voluntariado Jovem deve mobilizar este ano cerca de 300 mil crianças e adolescentes em mais de 300 cidades brasileiras. O movimento será realizado entre os dias 27 a 29 de abril em todo país. No restante do mundo está acontecendo neste fim de semana.

Criado há 8 anos, o Dia Global do Voluntariado desenvolve uma série de atividades nas áreas da saúde, educação, preservação do meio ambiente e combate à fome, com a participação conjunta de entidades da sociedade civil organizada (ONGs) e as iniciativas pública e privada, durante um fim de semana. Este ano o Dia Global de Voluntariado Jovem tem como tema os 8 Objetivos do Milênio definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

São eles: 1. acabar coma fome e a miséria; 2. educação básica de qualidade para todos; 3. igualdade entre sexos e a valorização da mulher; 4. reduzir a mortalidade infantil; 5. melhorar a saúde das gestantes; 6. combater a Aids, a malária e outras doenças; 7. promover qualidade de vida e respeito ao meio ambiente e 8. todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento.

A presidente da ONG Natal Voluntário, Mônica Mac Dowell salientou que o participação do jovem voluntário no Brasil hoje tem sido principalmente entre os universitários, que vêem no voluntariado uma oportunidade de contribuir para a sociedade, além de colocar em prática seus aprendizados.

Esse perfil não é diferente em outros países da América Latina e Caribe, na opinião do coordenador do Programa de Voluntários das Nações Unidas para América Latina e Caribe, Douglas Evangelista. Nesse aspecto, o jovem urbano e com maior acesso a educação tende a ser mais ativo e essas seriam as semelhanças na maioria dos países da América Latina. São jovens entre 15 e 24 anos, do ensino médio e universitário. Esta é a maior predominância na atividade voluntária.

Os principais objetivos do movimento são reconhecer e valorizar as ações de jovens que já fazem a diferença em suas escolas, bairros, comunidades e vizinhanças acrescentou o coordenador. Ele lembrou que além de beneficiar concreta e diretamente milhares de pessoas, as ações sensibilizam uma nova geração de voluntários que, muitas vezes, encontram nesse dia o impulso inicial para fazer parte das atividades permanentes nos locais onde moram.

Segundo dados do Programa de Voluntários das Nações Unidas para a América Latina e Caribe, no ano passado foram mais de 2,5 milhões de participantes em 118 países. Só no Brasil, considerado um dos destaques ao lado da Rússia e da Nigéria, foram 65 mil pessoas envolvidas no movimento.

Para a coordenadora da ONG Instituto Mude o Mundo, Patrícia Alves Ribeiro, o Dia Global já se tornou uma tradição que é esperada com ansiedade pelos jovens da região de Apucarana, no Paraná. Os jovens esperam por isso todos os anos. Eles nos cobram, nos perguntam quando vai ser. Muitas dessas ações que eles elaboram para esses três dias, acabam virando programas e projetos que eles desenvolvem por todo o ano.

Entre as ações programadas estão o plantio de mudas, reformas e melhorias de praças e quadras esportivas, confecção de brinquedos, campanhas ambientais e de saúde, projetos educativos, promoção de acessibilidade (como livros falados para biblioteca de braile - em Manaus), prestação de serviços gerais à população, e discussão de políticas públicas.

Para participar do Dia Global de Voluntariado Jovem basta entrar no site www.diaglobal.org.br, clicar no mapa do Brasil escolhendo um estado e procurar a cidade onde mora. A partir daí, basta conferir as ações voluntárias já marcadas e entrar em contato com os organizadores para integrar o grupo.