Moraes peita Lira e manda polícia à Câmara dos Deputados atrás de Silveira

Mais cedo, o presidente do Parlamento emitiu nota dizendo que a casa é inviolável

REUTERS/Adriano Machado
Credit...REUTERS/Adriano Machado

O superintendente da Polícia Federal no Distrito Federal, Victor Cesar Carvalho dos Santos, foi no final da tarde desta quarta-feira (30) à Câmara dos Deputados tentar colocar tornozeleira eletrônica no deputado Daniel Silveira (União Brasil-RJ), mas acabou deixando o local sem conseguir cumprir a ordem do ministro Alexandre de Moraes.

O deputado tem se recusado a aceitar o cumprimento da medida e busca usar a Câmara como escudo. Ele dormiu nas dependências da Casa na madrugada desta quarta.

O delegado da PF queria a aprovação do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), que não estava presente. (com Folhapress)

 

LEIA MAIS

Presidente da Câmara condena uso midiático das dependências da Casa

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais