Mercado Imobiliário: Corretora Sergio Castro responde a 50 processos na justiça

A primeira pergunta é: a quem entregar seu imóvel para administrar? Com o mercado querendo se recuperar, o consumidor deve ficar atento

Reprodução
Credit...Reprodução

Conhecida no mercado por propagandas que na maioria das vezes mostram para o consumidor oportunidades que não correspondem à realidade do mercado, a Sergio Castro Corretora de Imóveis, por esses e outros motivos, responde a mais de 50 processos na justiça, ações que vão desde má administração até a prestação de contas duvidosas.

A empresa é comandada por Cláudio Castro Bourbon, filho do fundador, que diz ser "tetraneto de D. Pedro II".

Vaidoso e considerado um " bon-vivant", Cláudio desfila com sua Masseratti com motorista pela cidade.

Seus desafetos dizem que o esporte do empresário em reuniões do setor é falar mal do Eduardo Paes, acusando o prefeito de nada fazer pelo Centro do Rio, onde se concentra a maior parte da carteira de imóveis da Sergio Castro que, neste momento, tem mais de 50% dos imóveis vagos.

Dois concorrentes da Sérgio Castro Imóveis, que pediram para não ser identificados, disseram ao JB que a empresa está indo ladeira abaixo por falta de credibilidade. Mais ainda, pela vaidade do Cláudio. O irmão nao tem poder.

A empresa gasta uma fortuna para manter um Centro Cultural em Laranjeiras. Seus desafetos vão direto ao assunto: "aquilo é pura lavagem de dinheiro", sobretudo das comissões que recebem em caixa dois", concluiu o concorrente.

Procurado pelo JB, Cláudio Castro não quis falar.