Biblioteca de Aurélio Buarque de Holanda decora gabinete do presidente da Firjan

Nos corredores da Firjan, corre a lenda de que o hábito de leitura do presidente da instituição 'é ver as fotos da revista Caras'. Mas seu gabinete mostra o bom gosto de Eduardo Eugênio para decoração

Foto: arquivo
Credit...Foto: arquivo

A biblioteca que pertenceu ao escritor e dicionarista alagoano Aurélio Buarque de Holanda, o “mestre Aurélio”, foi adquirida há tempos pela Firjan, embora não seja do conhecimento público o valor pago aos herdeiros do homem cujo nome virou sinônimo de dicionário.

Mas o que causa espécie é o fato de que, embora mencionada nos jornais quando da inauguração do Palacete da Firjan em Botafogo como uma preciosidade cultural a ser desfrutada por pesquisadores e estudiosos, isso não chegou a acontecer.

Quem vai ao Palacete à procura dos livros reunidos ao longo de uma vida de estudos por Aurélio Buarque de Holanda Ferreira é informado de que a biblioteca não é acessível ao público "porque está no gabinete do presidente Eduardo Eugenio", certamente compondo a decoração.

Um absurdo!