A Hora H do Dia D é hoje

.

Folhapress/FramePhoto
Credit...Folhapress/FramePhoto

Lembram da "Hora H do Dia D", marcada com pompa e circunstância, na semana passada pelo general Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, como o início da vacinação em todo o Brasil?

Como é sabido, o general e o seu comandante, o presidente Jair Bolsonaro, foram atropelados pelo governador de São Paulo, João Dória.

Primeiro, o general marcou o início da vacinação para às 7 horas da manhã do dia 20, mas Dória se antecipou fazendo da enfermeira Monica Calazans, de 54 anos, o primeiro vacinado no começo da noite de domingo, 18 de janeiro.

Pressionado por Bolsonaro, Pazuello anunciou na 2ª feira, 19, que a vacinação começaria na tarde do mesmo dia, às 17 horas. Foi um desastre completo de logística e muitos estados só receberam as doses para serem aplicadas no pessoal da saúde e nos idosos que moram em asilos, no dia seguinte.

O general já mostrou que não entende nada de Medicina e que também em Logística não parece ser tão bom como dizia o chefe.

Mas em questões esotéricas, faz jus ao apelido de "Paizuello" que circula nas redes sociais.

Se você duvida, saiba que o "Dia D" e a "Hora H" vão acontecer daqui a pouco.

Será às 21h21 de hoje. A 21ª hora e os 21 minutos do 21º dia do 21º milênio.

Como diria Tadeu Schmidt, "não é nada, não é nada mesmo".

Afinal, a garantia da continuidade da vacinação, que é o que importa, continua incerta e não sabida.