ASSINE
search button

Dez adolescentes são detidos por 'ameaças de ataques a escolas'

Suspeitos serão internados; Operação Escola Segura também cumpriu 13 mandados de busca e apreensão em cinco estados

Divulgação: Secomfran -
Polícia Civil
Compartilhar

Dez adolescentes, entre 11 e 17 anos, foram detidos, nesta quarta-feira (19), por "ameaças de ataques a escolas". Todos serão encaminhados para internação provisória. Uma força-tarefa do Ministério da Justiça e Segurança Pública - Operação Escola Segura - também cumpriu 13 mandados de busca e apreensão, além de 11 afastamentos de sigilo de dados dos adolescentes".

Os menores são investigados pela suposta prática de atos infracionais equiparados aos delitos de ameaça, incitação ao crime, apologia ao crime ou criminoso, associação criminosa, além de crimes previstos nos artigos  12 e 14 do Estatuto do Desarmamento.

"A ação provém das investigações que iniciaram logo após o ataque à creche Cantinho do Bom Pastor, em Blumenau (SC), quando quatro crianças foram mortas e cinco feridas por golpes de machadinha após um homem invadir o local. A partir de então, foram localizados, pelas redes sociais, outros indivíduos que estariam fazendo ameaças de ataques similares”, informou o MJ.

De acordo com o Ministério da Justiça, as ordens de internação são cumpridas nos seguintes locais:

  • PE - Recife;
  • SC - Blumenau;
  • PR - Curitiba e Guaíra;
  • RJ - Barra Mansa, Duque de Caxias, São Gonçalo;
  • SP - São Paulo (Capital), Itapira, São José dos Campos, Salto.

Nas redes sociais, o ministro Flávio Dino (MDB) ressaltou que as policiais civis atuaram para "garantir maior eficácia nas ações preventivas e repressivas”.

A Operação Escola Segura trabalha de forma integrada, com 51 chefes de delegacias de investigação e 89 chefes de agências de inteligência de Segurança Pública (polícias Civil e Militar). A ação foi deflagrada após o atentado ocorrido na creche Cantinho Bom Pastor, em Blumenau, quando um homem matou quatro crianças.

Apreensões


No RJ, segundo apurado pelo G1, os três adolescentes alvos de mandado de apreensão nesta manhã já foram alvos da polícia fluminense neste ano. O trio é conhecido dos investigadores e estava sendo monitorado há meses.

Em Curitiba, um adolescente de 16 anos foi apreendido. No estado do Paraná, um outro mandado foi expedido para cumprimento contra um adolescente em Guaíra, no Oeste.

Em São José dos Campos, a apreensão de um adolescente aconteceu no bairro Frei Galvão, na Zona Leste. Na cidade de Itapira (SP), uma adolescente de 15 anos na zona rural foi apreendida.